Relevância das inovações tecnológicas nos campos de automação, controle e gestão

Por Júlio Hermes, CEO da carioca Värde

As demandas escaláveis na fabricação e distribuição de alguns produtos só são possíveis com uma boa dose de automatismo para aumento da produção e para redução de custos. Houve uma prosperidade na primeira metade do século XX nas tarefas de controle autônomas, que basicamente eram ações que executavam lógicas simples, combinacionais e sequenciais.

As tecnologias evoluíram e os custos dos dispositivos eletrônicos integrados e as suas miniaturizações desencadearam o uso de microcomputadores e a explosão consequente com o surgimento da internet.

A exigência do cliente aumentou a demanda pela evolução de produtos capazes de melhorarem a experiência trouxe um novo consumidor: especializado!

Incrementar a operação se tornou a meta diária das organizações, que se tornaram mais complexas e numerosas. Ter um processo de melhoria contínua permite o surgimento de soluções de impacto positivo por meio de inovações tecnológicas, adicionando funcionalidades que melhorem essa experiência ou que ajude na manutenção.

O Advisor em Inteligência Artificial, Sérgio Hart, citou um exemplo interessante de aplicação na forma de melhorar a operação em um cenário do Setor Elétrico: “O aumento de eficiência é sem dúvida o benefício mais conhecido da IoT. Tendo reduzido tudo que foi possível de ineficiência através de TI, foca-se agora na Internet-das-Coisas para reduzi-la ainda mais. Consideremos o setor elétrico. A operação eficiente das redes elétricas é um desafio há mais de 130 anos. Mesmo com o advento dos sistemas SCADA e de outras tecnologias “inteligentes”, ainda é necessário enviar turmas de campo para solucionar fisicamente os incidentes e eventos da natureza.

Vamos tomar como exemplo um “produto IoT de operação de rede elétrica”, cuja Proposição de Valor seja “reduzir custos operacionais e aumentar a disponibilidade da rede”. Nosso Modelo então considerará as variáveis ligadas ao custo de mão-de-obra, à eficiência da rede e ao tempo médio de parada da rede. A Aplicação irá monitorar todos os pontos da rede, identificando quais estão sobrecarregados, assim como atuando sobre os equipamentos e reduzindo os custos de mão-de-obra. O Analytics poderá prever a caída de árvores sobre os fios da rede, por exemplo, caso os ventos superem os 20Km/h e venham do leste.

O principal valor agregado desse tipo de produto IoT é que o Modelo pode ser aplicado a todos os “nós” da rede, desde a geração, transmissão e distribuição, até as residências dos consumidores e seus eletrodomésticos.”

As oportunidades de inovações tecnológicas são inúmeras e o entendimento da melhor forma que elas impactam e melhoram o seu negócio.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.