Artigos

Como as empresas podem agregar valor oferecendo WI-FI gratuita e obter benefícios

Por Ricardo Guzman, Engenheiro da equipe de Secure Access da Fortinet para a América Latina

Todos os dias podemos ver como mais empresas em diferentes segmentos de mercado, a exemplo de áreas como hotelaria, restaurantes/ cafés e varejo, oferecem serviço Wi-Fi gratuito como um valor agregado para seus clientes. De acordo com estatísticas apresentadas pelo SWCOMM, 87% dos consumidores acessaram um serviço Wi-Fi enquanto visitavam um restaurante e, como resultado, os clientes consumiram mais e aumentaram o tempo gasto com o comércio.

A Fortinet apresenta uma série de tecnologias e recomendações complementares para que as empresas possam obter um melhor retorno do investimento oferecendo esses serviços de Wi-Fi gratuitos e, ao mesmo tempo, aumentando os benefícios para seus negócios e seus clientes:

Use plataformas de portais de captura

Esses portais são exibidos para os usuários quando se conectam à rede sem fio em seus dispositivos e incluem uma série de instruções que devem ser executadas pelos visitantes antes de receber acesso à Internet. Durante esse processo de conexão, quando o portal é apresentado, as funções de coleta de dados, como o e-mail do cliente, podem ser executadas.

O portal de captura pode ser parametrizado para apresentar promoções tanto em vídeo quanto em imagens com ofertas sazonais. Com esse tipo de solução de portal de captura, informações valiosas podem ser obtidas para conceder descontos adicionais a clientes fiéis como recompensa por sua afinidade com suas visitas, bem como usar o portal para realizar pesquisas de satisfação ao deixar as instalações comerciais.

Tire proveito do potencial das plataformas analíticas

Os dados obtidos pelos portais de captura podem ser aprimorados com o uso de outras tecnologias que são denominadas como plataformas analíticas. Essas soluções diferem de portal, pois não exigem que os clientes tentem acessar a Internet, mas exigem apenas que seus dispositivos tenham serviço Wi-Fi e/ ou Bluetooth ativo. Por simplesmente estarem dentro ou perto das instalações comerciais, essas plataformas podem criar um mapa de calor apresentando as áreas de maior público ou as rotas mais comuns feitas pelos clientes.

Como cada dispositivo móvel possui um número de identificação exclusivo, as plataformas de análise podem gerar estatísticas sobre o tempo médio de permanência de cada cliente, comparação direta de novos visitantes versus visitas repetidas e horas de pico de atividade. Quando combinamos plataformas de análise com portais de captura, podemos ter funções como alertas em tempo real, por exemplo, quando um cliente VIP se conecta. As plataformas mais robustas permitem até a criação de relatórios para medir o desempenho das campanhas de marketing.

Segurança é chave

Um ponto importante que não podemos esquecer ao oferecer esse tipo de serviço é a segurança, por exemplo, a criação de regras sobre o conteúdo da Internet que poderá ser acessado pelos clientes. As soluções de filtragem da web (WebFilter) permitem que você defina regras simples que proíbem o acesso a conteúdo inadequado e também pode manter um registro dos acessos gerados, se necessário.

Mas não apenas temos que nos limitar ao conteúdo, como também é recomendável usar uma plataforma que permita o controle da largura de banda disponível para garantir que a experiência de navegação seja uma experiência positiva para todos os clientes, enquanto a largura de banda disponível é gerenciada de forma eficiente e segura.

Outras funções de segurança que devem ser consideradas para a rede são os Sistemas de Prevenção de Intrusão (IPS) e de Detecção de Ataque WI-FI (WIDS), que permitem proteger que sejam lançados ataques a terceiros a partir da mesma rede sem fio.

Proteção do lado dos usuários

Os usuários que usam redes públicas sem fio devem lembrar que essas redes normalmente não usam criptografia de dados nas comunicações, e todo o tráfego gerado pelo computador ou pelo telefone celular pode ser observado criando um alvo fácil para os cibercriminosos que tentam roubar informações, como senhas e cartões de crédito ou informações pessoais.

Uma opção simples para se proteger ao usar uma rede sem fio pública é o uso de uma Rede Privada Virtual (VPN). Por meio de uma VPN, a conexão com a Internet é criptografada para proteger a privacidade dos dados enviados. Com o uso de uma VPN, nem o provedor de serviços, o proprietário da rede sem fio ou terceiros poderão ver as informações enviadas pela rede, garantindo privacidade e segurança em todos os momentos.

As proteções mencionadas acima ajudam as empresas a mostrar a devida diligência e cumprir os regulamentos que as leis de alguns países exigem ao oferecer uma rede sem fio pública, aproveitando ao mesmo tempo as vantagens de oferecer Wi-Fi gratuito para seus clientes e seus negócios. Embora todos os itens acima possam parecer complexos, a boa notícia é que algumas soluções atuais para redes sem fio permitem que você tenha muitos dos recursos anteriores combinados e integrados aos controladores Wi-Fi de última geração. Esses controladores simplificam a administração e a análise da rede sem fio e permitem a conformidade com as práticas recomendadas para proteger a rede.

Concluindo: essas tecnologias podem ser usadas em conjunto ou de forma independente, com o objetivo de assumir o controle do serviço sem fio e converter esse acesso gratuito em um insumo de valor para oferecer um melhor serviço aos consumidores e ampliar os negócios.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.