Case de Sucesso

Finamac gera economia de custo e tempo com soluções da Siemens PLM

•  Indústria líder na manufatura de máquinas de sorvetes reduziu pela metade seu tempo de fabricação com solução Solid Edge Software da Siemens PLM 

•  Redução de custo nos novos projetos foi de 60% e desde a implantação do sistema economia atinge R$ 4,8 milhão/ano

Salvador, 02/07/2019 - Uma parceria saborosa - em todos os sentidos - poderia resumir a relação da Finamac com a Siemens PLM. Mas seria uma definição bastante simplista para uma parceria entre a líder na fabricação de máquinas de sorvete, empresa que sempre apostou na inovação e adotou o Solid Edge como solução gerando economia de tempo e dinheiro na sua produção.

A Finamac foi fundada em 1985 pelo engenheiro aeronáutico Marino Arpino. Filho de um imigrante italiano que fabricava bons gelattos e depois passou a ser mecânico de refrigeração, o engenheiro apostou o que tinha para construir os 5 primeiros exemplares da picoleteira inédita num quarto de sua casa. Hoje, as máquinas da FInamac estão em 15 das 17 maiores marcas de picolés dos Estados Unidos.

A inovação sempre foi um dos pilares da empresa, mas a implantação do Solid Edge foi um marco na empresa. "Os produtos fabricados pela Finamac começaram a ter alto nível de complexidade e vários outros fatores passaram a ser considerados na idealização de um novo produto, sendo um deles a ergonomia, tanto por parte do usuário do produto oferecido quanto por parte do técnico de manutenção. Surgiu também a necessidade de mostrar ao mercado um produto ainda não existente e fazer as modificações exigidas por futuros clientes, quase que em tempo real", explica Arpino.

A partir dessa necessidade, a primeira versão do Solid Edge já se mostrava como melhor opção entre todas as disponíveis. "Os produtos fabricados pela Finamac começaram a ter alto nível de complexidade e vários outros fatores passaram a ser considerados na idealização dem um novo produto, sendo um deles a ergonomia, tanto por parte do usuário do produto oferecido quanto por parte do técnico de manutenção. Surgiu também a necessidade de mostrar ao mercado um produto ainda não existente e fazer as modificações exigidas por futuros clientes, quase que em tempo real", conta.

Os primeiros produtos (sem o Solid Edge) possuíam apenas o projeto de conjuntos mecânicos feitos ainda em 2D, enquanto que os produtos subsequentes (com o Solid Edge) passaram a ter também, além da mecânica (agora em 3D), a tubulação, fiação (instalação elétrica completa), chaparia, superfícies curvas para materiais compostos em uma infinidade de melhorias.

Em termos práticos, a economia gerada com a implantação do sistema foi notória. "O ciclo de um único produto (projeto-prototipagem-fabricação) foi reduzido de três/quatro anos para um ano apenas, em média, sendo que cada produto teve seu número de componentes triplicado (peças projetadas e desenhadas). O custo médio horário de engenharia da Finamac gira em torno de R$ 200,00, o que significa um gasto de aproximadamente R$ 350 mil num ano, para um único projeto, considerando-se o uso do Solid Edge. Sem o Solid Edge o custo girava em torno de R$ 1 milhão. O tempo de fabricação de um produto Finamac típico, projetado com Solid Edge, caiu de 80 horas para 40 horas, em média, o que representa uma economia de aproximadamente R$ 240 mil/ano. Se considerarmos que já foram feitos cerca de 20 produtos completos com o Solid Edge, a economia atinge R$ 4,8 milhão/ano", revela Arpino.

Para o diretor da empresa, as vantagens do Solid Edge estão no fato de ser software escrito do "zero" e sem "remendos", diferentemente da maioria existente à época. Além disso, é totalmente orientado ao objeto e totalmente parametrizado, permite projetos de maior porte, tem o melhor núcleo gráfico do mercado, apresenta uma grande facilidade de uso e aprendizado, sintetizando suas funções em poucas ferramentas 3D, multifuncionais, aceita a importação e exportação de diversos tipos de arquivos e tem fácil conexão com módulos específicos, para diversas áreas da engenharia.

Para a Siemens, a Finamac é considerada como um "early adopter" – empresa que busca sempre a nova versão da solução estando sempre atualizada com a evolução da ferramenta. Isso representa no cliente um pilar de inovação que acompanha os valores da Siemens e que estabelece uma sinergia importante para as duas companhias.

Siemens PLM Software, uma unidade de negócios da Siemens Digital Factory Division, é uma das principais fornecedoras mundiais de soluções de software para impulsionar a transformação digital da indústria, criando novas oportunidades para que os fabricantes percebam a inovação. Com sede em Plano, Texas, e mais de 140.000 clientes em todo o mundo, a Siemens PLM Software trabalha com empresas de todos os tamanhos para transformar a forma como as ideias ganham vida, a forma como os produtos são realizados e a forma como os produtos e os ativos em operação são usados e compreendidos. Para obter mais informações sobre os produtos e serviços da Siemens PLM Software, visite www.siemens.com/plm

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.