Negócios

Dígitro implanta mega rede de telecom para a petrolífera do Peru

Maior rede privada do Peru atinge plataformas de petróleo em plena floresta, envolvendo tecnologias de satélite, telefonia convencional e conexões IP de voz e vídeo

Salvador, 21 de abril de 2012 - A Dígitro Tecnologia (www.digitro.com), tradicional desenvolvedora brasileira de soluções de Inteligência, Tecnologia da Informação e Telecomunicações, está concluindo no Peru a maior implantação de plataformas de telefonia com tecnologia híbrida (IP, satélite e telefonia convencional) já realizada naquele País.

O contrato é também o maior já levado a termo pela Dígitro fora do território brasileiro e está sendo realizado em parceria com a empresa peruana Realta System, uma das líderes no país em integração de redes. A conquista da operação pela Dígitro deu-se em licitação internacional, ocorrida em 2010, e da qual participaram alguns dos maiores players mundiais no segmento de telefonia e redes.

O projeto foi contratado pela Petróleos do Peru SA (Petroperú) e está viabilizando a integração de 19 unidades remotas da petrolífera, dispersas no território peruano, algumas delas a milhares de quilômetros de distância da sede da companhia em Lima. Entre os pontos integrados estão diversas plantas de prospecção e plataformas de exploração localizadas em pleno interior da selva amazônica.

Com a nova estrutura da Dígitro, a Petroperú passa a contar com uma plataforma unificada para a comunicação de voz e ligação de redes corporativas, utilizando conexões de satélite, nos links de longa distância, e conexões via operadora nas regiões metropolitanas.

Em todos os seus pontos de presença, a Petroperú passa a se beneficiar das vantagens da tecnologia IP, não só para comunicações de baixo custo do tipo VoIP, mas também em aplicações até então inéditas no Peru, como a de chamadas telefônicas com vídeo e a de conexões móveis de voz Wi-Fi para as comunicações internas da empresa.

Mais de 2 Mil Aparelhos de Telefonia IP

Como base para as comunicações, a Dígitro está empregando 33 plataformas de PABX inteligente, de sua própria fabricação, que passam a suportar chamadas analógicas e digitais envolvendo cerca de 2,8 mil terminais telefônicos fixos e móveis.

Incluem-se aí os terminais analógicos comuns e mais um lote de 2,2 mil aparelhos de telefonia IP também desenvolvidos e fabricados pela Dígitro com tecnologia própria, parte dos quais está apta a suportar as aplicações de vídeo-chamada que são de grande utilidade, por exemplo, nas comunicações de suporte técnico entre plataformas distantes e a sede da companhia.

A completa integração da telefonia com a rede corporativa da empresa viabiliza a oferta de gerenciamento e suporte unificado dos serviços, eliminando estruturas redundantes e centros de custos paralelos. 

Além de garantir maior eficiência e diversificação de serviços de telefonia para as operações da Petroperú, o projeto desenvolvido pela Dígitro irá reduzir substancialmente as despesas de telecomunicações da petrolífera, através da exploração intensiva das conexões IP, tanto em ligações locais quanto nas comunicações distantes.

As plataformas de PABX da Dígitro dispõem também de recursos automáticos para a roteirização de chamadas analógicas, com base nos custos mais baixos de cada operadora, e para o estabelecimento de políticas de tarifação interna dos ramais, visando eliminar o uso improdutivo da estrutura.

Todos os serviços prestados pelas operadoras, bem como o tráfego de chamadas internas e externas da Petroperú passam a ser monitoradas, através de ferramentas de gestão constantes nas soluções da Dígitro, o que viabiliza à empresa administrar não só seus fluxos internos, mas também o cumprimentos dos contratos de SLA (acordos de nível de serviço) estabelecidos com as operadoras.

Situações Adversas

De acordo com Rodrigo Rolon, Consultor de Negócios Internacionais da Dígitro, no projeto da Petroperú, a empresa precisou enfrentar situações adversas, tanto do ponto de vista técnico quanto no tocante à localização das plantas e produção da companhia.

“Do lado técnico, foi necessário desativar uma grande quantidade de plataformas limitadas e pouco compatíveis, que tornavam as comunicações, em muitos casos, precárias e altamente antieconômicas.” explica ele.

Segundo Rolon, outro ponto de complicação estava em administrar a reformulação ou interrupção de inúmeros contratos antigos de serviços que a Petroperú mantinha com operadoras heterogêneas, já que nenhuma operadora do Peru era capaz de oferecer a totalidade dos serviços necessários.

“Sem dúvida, este era um fator de geração de custo improdutivo que a unificação da plataforma resolve de forma definitiva.”, completa o consultor.

A segunda adversidade enfrentada pela Dígitro e sua parceira Realta Systems é dada pela enorme distância e condições geográficas das instalações da Petroperú na Amazônia. “Levar tecnologia de telecomunicações de missão crítica e mão de obra adequada a estes pontos é algo tremendamente complicado e que se agrava com as constantes intempéries climáticas que atinge estas regiões.”, salienta ele.

À parte todas as dificuldades relatadas pelo executivo da Dígitro, o contrato com a Petroperú exigiu da empresa brasileira um considerável esforço de desenvolvimento para atender às necessidades do contrato, como a implantação de videochamada e ramais móveis com conexão WiFi, que foram especialmente projetados para a petrolífera.

De acordo com Walter Ishibashi, Gerente da Negócios Internacionais da Dígitro, o sucesso do projeto para a Petroperú comprova o total preparo da empresa para desenvolver projetos de grande porte e alto valor agregado fora do Território Brasileiro.

“A Dígitro já vem há vários anos exportando intensamente para vários países da América Latina, mas a complexidade desse projeto atesta um nível de capacidade que poucas empresas mundiais têm condições de fornecer nos países da Região.”, assinala.

Segundo o executivo, a parceria com a Realta Systems servirá também de paradigma para outras alianças da Dígitro com empresas da Região, cujo impacto esperado é o rápido aumento dos negócios internacionais da empresa.

Sobre a Dígitro Tecnologia
Com mais de 30 anos de mercado, a Dígitro é especializada em soluções de Inteligência, TI e Telecom. A empresa atende clientes das mais variadas atividades, provendo soluções  que melhoram a comunicação de voz e dados, facilitam a gestão e geram a redução de custos. Atualmente, a Dígitro possui nove escritórios regionais instalados nas principais capitais do Brasil, além de atuar em 11 países na América Latina e África. A empresa investe consideravelmente em seu desenvolvimento, incentivando inovações em seus produtos, serviços e soluções e recentemente na ampliação de sua sede. O novo prédio une conforto e design arrojado ao máximo aproveitamento de fontes alternativas de energia e de recursos naturais renováveis. Todo esse trabalho faz da Dígitro uma empresa reconhecida e conceituada, que desenvolve tecnologia de ponta, compatível com os mais exigentes padrões de qualidade, como as certificações ISO 9001 e TL 9000, norma internacional de gestão da qualidade, específica para a área de telecomunicações.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.