Negócios

DigiCert, Gemalto e ISARA fecham parceria para garantir um futuro seguro para a Internet das Coisas

A parceria visa oferecer uma PKI segura, pós-quântica, com rotas de confiança de ponta a ponta e gerenciamento de chaves seguro e confiável para dispositivos IoT next-gen

Salvador, 20/09/2018 - A DigiCert, líder mundial em soluções PKI escaláveis para identidade e criptografia; a Gemalto, líder global em segurança digital; e a ISARA Corp.,maior fornecedora de soluções de segurança quântica, anunciam nesta quinta-feira, 20 de setembro, uma parceria para desenvolver certificados digitais avançados e gerenciamento seguro de chaves para dispositivos conectados via Internet das Coisas (IoT).

"DigiCert, Gemalto e ISARA estão colaborando hoje para resolver o problema de amanhã de defender dispositivos conectados e suas redes contra as novas ameaças de segurança que a implementação de computadores quânticos irá desencadear", comenta o vice-presidente executivo de Mercados Emergentes da DigiCert, Deepika Chauhan. "O trabalho que estamos fazendo agora garantirá que os sistemas conectados que servem como cérebros de automóveis, sistemas de controle industrial, dispositivos médicos, usinas nucleares e outras infraestruturas críticas estejam protegidos contra essas ameaças em cinco, 10 e 20 anos."

A parceria oferece vantagens significativas para as equipes de segurança corporativa que buscam proteger os dispositivos conectados com vida útil longa, a fim de evitar uma adaptação dispendiosa à segurança, à medida que a computação quântica se torna mais predominante. As organizações podem implantar essas soluções em qualquer escala, já que a DigiCert já é capaz de emitir e hospedar com segurança bilhões de certificados digitais para sistemas de confiança pública e PKI privada. O trabalho da DigiCert com a ISARA e a Gemalto permitirá certificados seguros a quantum com a capacidade total de opções de implantação hospedadas, no local e híbridas.

A DigiCert já trabalha com muitas empresas e consórcios usando PKI para autenticar, criptografar e fornecer integridade para seus dispositivos conectados. A ISARA reconhece o histórico da DigiCert no avanço de muitas das inovações de certificados em uso hoje, bem como seus recursos robustos de gerenciamento de certificados digitais e operações mais onipresentes e confiáveis do setor. A Gemalto oferece armazenamento e gerenciamento de chaves seguras através de seus Módulos de Segurança de Hardware (HSMs) SafeNet que se integram às APIs DigiCert para permitir a emissão de credenciais automatizadas em grande escala para dispositivos conectados via gateway habilitado para internet para distribuir identidade pela nuvem. Os certificados obtidos por meio dessa parceria serão habilitados com criptografia de segurança quântica à frente de qualquer descoberta que possa levar à computação quântica que ameaça a segurança do dispositivo conectado.

“Especialistas estimam que o surgimento da computação quântica em larga escala chegará nos próximos oito a 10 anos, trazendo consigo o momento em que toda a atual criptografia de chave pública não pode mais ser confiável”, diz Scott Totzke, CEO e co-fundador da ISARA. “O trabalho que estamos fazendo hoje garante que um elemento fundamental da pilha de segurança, os certificados digitais seja seguro com a incorporação de criptografia segura em quantum. Isso significa que os fabricantes de IoT e outras grandes organizações terão as soluções e ferramentas necessárias para se preparar para a ameaça quântica bem antes dessa data, mantendo as informações confidenciais e os ativos de alto valor seguros.”

"Os módulos de segurança de hardware SafeNet da Gemalto agem como a raiz da confiança para proteger os dados e aplicativos mais confidenciais e proteger bilhões de transações digitais todos os dias ao redor do mundo", disse Todd Moore, vice-presidente sênior de produtos de criptografia da Gemalto. “Esta parceria com a DigiCert e a ISARA ajudará as organizações a criarem operações criptográficas seguras e preparadas para o futuro que podem proteger contra as potenciais ameaças de segurança da computação quântica e garantir um mundo mais seguro para automóveis, dispositivos, máquinas, cidades inteligentes e infraestrutura de missão crítica conectadas.

Atualmente, muitos dispositivos de IoT contam com criptografia RSA e ECC para proteger a confidencialidade, integridade e autenticidade das comunicações eletrônicas. No entanto, o NIST e outros membros da comunidade de segurança prevêem que, dentro de uma década, a computação quântica em larga escala quebrará a criptografia de chave pública RSA e ECC. DigiCert, Gemalto e ISARA reconhecem que a agilidade criptográfica se torna fundamental para os fabricantes de dispositivos conectados que estarão em uso daqui a uma década ou mais.

Para promover o uso de certificados confiáveis à prova de quântica, a DigiCert, a Gemalto e a ISARA estão colaborando com os órgãos de padrões da indústria que também estão buscando o avanço da criptografia pós-quântica, como a IETF (Internet Engineering Task Force). Esforços para abordar a segurança da computação quântica hoje suportarão os fabricantes de dispositivos conectados e os usuários no futuro.

Um exemplo é a indústria automobilística, que está produzindo mais veículos com capacidades de direção semi e totalmente autônomas. Um carro deve durar 20 anos ou mais, e os fabricantes precisarão garantir que os dispositivos de IoT que eles instalam estarão seguros e continuarão funcionando mesmo se houver uma quebra nos algoritmos RSA que tornariam os certificados digitais de hoje ineficazes.

"A indústria automotiva está muito focada no gerenciamento de segurança sustentável e de longo prazo que cobre o ciclo de vida de nossos veículos", disse Bill Mazzara, presidente da Sub-Comissão de Segurança da SAE Hardware. “A agilidade criptográfica é uma das principais áreas que consideramos - tecnologia resistente.”

Baixe o App TI Bahia - Androidhttp://bit.ly/2PIjgBn ou iOShttps://apple.co/2PM44Tt

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.