Negócios

Positivo Tecnologia investe em startups do agronegócios

Salvador, 20/05/2019 - A Positivo Tecnologia criou um fundo de investimento de participações (FIP) para acelerar empresas de base tecnológica. Os primeiros aportes ocorreram no primeiro trimestre de 2019 e foram direcionados à duas startups do mercado de agronegócios: a AgroSmart e a @Tech. Fundada em 2014, a Agrosmart oferece uma plataforma integrada que monitora dados na lavoura e gera modelos agronômicos inteligentes que auxiliam na tomada de decisões de produtores rurais e empresas dos segmentos da agroindústria, alimentos e bebidas. Já a @Tech, criada em 2015 na incubadora da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (USP), oferece uma plataforma de inteligência de mercado e inteligência artificial para identificar o momento adequado para negociar bovinos entre pecuaristas e frigoríficos.

A escolha das startups para aportes iniciais do FIP da Positivo Tecnologia está alinhada à estratégia da empresa de expandir a participação em novas áreas de negócios. Outros investimentos serão feitos ao longo dos próximos anos, pois a intenção é utilizar o fundo para ampliar a atuação da companhia em áreas como Internet das Coisas, Big Data, Blockchain e inteligência artificial. “Fizemos estudos para acompanhar tendências e identificar as áreas que deveríamos investir. Além disso, analisamos segmentos econômicos em que o Brasil pode se diferenciar tecnologicamente. Compreendemos que o agronegócio é um dos mais proeminentes”, diz Graciete Lima, consultora de Novos Negócios da Positivo Tecnologia.

A estratégia de investimento em novos negócios da Positivo Tecnologia foi reforçada com a alteração da Lei da Informática em 2018, que permitiu investimentos em outras empresas. A atualização da lei permitiu que parte da obrigação de investimentos em P&D fosse alocada em empresas de base tecnológica.

Além dos aportes realizados, a Positivo Tecnologia oferece apoio estratégico, suporte operacional e acesso facilitado a rede de parceiros para gerar maior tração e desenvolvimento dos negócios das empresas investidas. “A expectativa é fazer com que a AgroSmart e @Tech se tornem líderes nos mercados de atuação e que a evolução seja refletida em nossos resultados”, diz Graciete.

Para viabilizar o aporte, a Positivo Tecnologia classificou o potencial e nível de soluções inovadoras das startups escolhidas. Com o investimento, a Agrosmart deve acelerar o desenvolvimento de seu funil de vendas e ampliar a capacidade de acesso ao mercado. “O aporte da Positivo aumenta nossas possibilidades de entregar inteligência a diferentes partes da cadeia produtiva e contribui para uma agricultura mais eficiente, sustentável e resiliente ao clima”, afirma Mariana Vasconcelos, CEO e co-fundadora da AgroSmart.

Enquanto as soluções da AgroSmart estão voltadas principalmente para agricultura, a @Tech inova ao colaborar com o setor pecuário. A @Tech criou uma plataforma para auxiliar a tomada de decisão e indicar o melhor momento de negociar bovinos para a indústria, a partir da curva de lucro individual. A plataforma, chamada BeefTrader, baseia-se em informações de mercado e monitoramento instantâneo. “Com o apoio da Positivo, implementamos um sistema de governança e pudemos acessar uma rede de parceiros qualificados que estão contribuindo com nossa estratégia de atuação no mercado”, reconhece o CEO Tiago Albertini.

No Brasil, a agropecuária movimentou quase US$ 300 bilhões (ou R$ 1,4 trilhão do PIB em 2018) de forma direta e indireta.  A cadeia de proteína animal é responsável por cerca de dois milhões de empregos diretos e indiretos. “Temos consciência das oportunidades de mercado e a certeza de que a Agrosmart e a @Tech cumprem o papel de otimizar processos e potencializar ganhos no campo, de forma sustentável", diz Graciete Lima.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.