Negócios

Cognizant é premiada entre as melhores empresas para mulheres trabalharem no Brasil

Salvador, 07/06/2019 - A Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, foi reconhecida como uma das melhores empresas para mulheres trabalharem no Brasil, segundo levantamento da terceira edição do GPTW Mulher, uma iniciativa da consultoria GPTW (Great Place to Work). Na ocasião, a Cognizant assinou o Women's Empowerment Principles (Princípios de Empoderamento Feminino) da ONU Mulheres.

"Esse reconhecimento reforça nosso compromisso de apoiar, desenvolver e qualificar profissionais. Temos enraizado em nosso DNA a cultura da inovação, do apoio à diversidade e da inclusão em todos os âmbitos", diz João Lucio de Azevedo Filho, presidente da Cognizant no Brasil.

Entre as 444 empresas inscritas no GPTW Mulher, 55 foram premiadas, 30 de grande porte, acima de 1000 colaboradores, onde a Cognizant se encaixa, e 25 de médio porte, até 999 colaboradores. O segmento reconhece as companhias com melhores práticas para garantir o avanço das mulheres ao longo de suas carreiras, bem como incentivam a liderança feminina.

Para participar da lista GPTW Mulher, é preciso ter no mínimo 100 funcionários no Brasil, dos quais 15% de mulheres no quadro geral e 15% nos cargos de gestão. A Cognizant possui 38% do seu quadro de funcionários formado por mulheres e o mesmo percentual de mulheres ocupando cargos de liderança. Na avaliação, a consultoria leva em conta fatores como ambiente de trabalho, promoções, participação na tomada de decisões e até rotatividade voluntária.

"Incentivamos a participação ativa das mulheres na tomada de decisões estratégicas dentro da companhia, apoiamos a formação de líderes em diversos níveis hierárquicos e estimulamos o desenvolvimento dessas profissionais para que tenhamos um ambiente de trabalho colaborativo e multicultural", diz Tatiana Porto, diretora de RH da Cognizant.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.