Segurança

Kaspersky Lab: 30% dos computadores foram atacados por malware em 2018

Salvador, 11/12/2018 - Dentre todos os novos arquivos maliciosos detectados em 2018 foi descoberto que o número de backdoors aumentou 44%, enquanto o volume de ransomware cresceu 43%. Sendo que backdoor são usados por cibercriminosos para realizar um acesso remoto às máquinas comprometidas. Um terço (30,01%) dos computadores se deparou com pelo menos uma ciberameaça em 2018. Estes resultados mostram que o malware, especialmente os backdoors e o ransomware, continuam sendo um perigo significativo para os usuários de computadores.

Em 2018, o ransomware (Trojan-Ransom) e os backdoors detectados compreenderam 3,5% e 3,7% de todos os novos arquivos maliciosos coletados nos primeiros dez meses do ano. Isto representa um aumento de 43% para o ransomware (de 2.198.130 em 2017 para 3.133.513 em 2018) e de 44% para os backdoors (de 2.272.341 em 2017 para 3.263.681 em 2018) em relação ao período anterior.

Ao todo, as tecnologias de detecção da Kaspersky Lab encontraram 346.000 novos malware por dia nos dez primeiros meses do ano. O número e o alcance de novos arquivos maliciosos detectados diariamente são uma boa indicação dos interesses dos cibercriminosos envolvidos na criação e na distribuição de malware. Em 2011, nossas tecnologias detectaram 70.000 novos arquivos por dia e, até 2017, esse número aumentou cinco vezes, chegando a 360.000.

“Em 2018, observamos uma pequena redução nas detecções diárias. Por um lado, isso pode indicar que o interesse dos criminosos em reutilizar malware antigos se mostrou eficiente. Por outro lado, os picos do número de backdoors e Trojan-Ransom detectados mostram que os cribercrimonosos estão sempre em busca de novas maneiras de comprometer os dispositivos das vítimas e ganhar dinheiro com isso. O interesse permanente no ransomware e sua constante evolução é um aviso para continuarmos atentos, tanto em relação às ciberameaças conhecidas, quanto em relação às desconhecidas. É por isso que não deixamos de aperfeiçoar nossos sistemas de detecção e proteção todos os dias para garantir que nossos clientes estejam sempre seguros”, diz Vyacheslav Zakorzhevsky, chefe de pesquisa antimalware da Kaspersky Lab.

Outros destaques das estatísticas anuais de ameaças de 2018 incluem:

- As soluções da Kaspersky evitaram 1.876.998.691 ataques realizados a partir de recursos online situados em todas as partes do mundo;

- A solução de segurança da web da Kaspersky Lab detectou 21.643.946 objetos maliciosos únicos;

- 30,01% dos computadores de usuários sofreram pelo menos um ataque de malware durante este ano.

Acompanhe as Notícias pelo celular com o App TI Bahia para Androidhttp://bit.ly/2PIjgBn ou iOShttps://apple.co/2PM44Tt

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.