Fabricantes

Plataforma Autodesk impulsiona a missão da startup InovaHouse3D

Empresa 100% brasileira possibilita imprimir casas de baixo custo em 3D

Salvador, 10/07/2018 - O objetivo da startup InovaHouse3D é poder tonar a manufatura aditiva viável para a indústria, especialmente na construção civil. Sendo a única empresa na América Latina a oferecer esse tipo de serviço, um dos objetivos é revolucionar a forma em que projetos são pensados e executados. Para que fosse viável, a empresa apostou na plataforma de soluções Autodesk, combinando diversas ferramentas que tornarão isso possível.

Fundada em 2015, após inscrever o projeto em uma competição de startups, a InovaHouse3D conta com uma equipe multidisciplinar que alinha conhecimentos em engenharia elétrica, civil, mecânica e química.

O projeto chegou as finais da competição, o que atraiu investimentos para a pesquisa de desenvolvimento de uma impressora apropriada para a impressão de construções complexas e projetos menores, bem como o desenvolvimento de materiais apropriados para isso.

A opção por usar tecnologia Autodesk se deu por conta de um benchmark liderado por uma das fundadoras da startup, Juliana Martinelli. Segundo a empreendedora, a facilidade de conhecimento das ferramentas, disseminada nas universidades, além da flexibilidade de dos produtos fez com que software como o Autodesk Revit, AutoCAD (para projetos) e Fusion 360 (para adaptação em 3D) fossem escolhidos para não apenas criar os projetos de edificações, mas adaptar os arquivos de menor escala que já estão sendo impressos em 3D.

“Atualmente somos prestadores de serviço e atendemos paisagistas, arquitetos e pessoas físicas que queiram imprimir peças de design e decoração. Temos tido muita demanda desse tipo”, afirma Juliana.

O próximo passo é o desenvolvimento de uma impressora 3D que seja capaz de imprimir uma parede inteira por exemplo, e para isso a InovaHouse3D tem usado o Autodesk Inventor, software para manufatura.

“Pela complexidade do projeto, sabemos que a máquina que estamos desenvolvendo precisa de testes, não apenas pelo seu funcionamento, mas de material adequado, uma vez que esse material deve ser flexivel o suficiente para a impressão e resistente para que possa ser usado em uma residência”, completa a empreendedora.

Atualmente a InovaHouse3D já está na terceira versão deste equipamento. O projeto compreende a impressão de uma residência de 32m2 de baixo custo que possa ser doado, por exemplo, para refugiados.

“A tecnologia Autodesk permite que projetos ousados como este se tornem realidade, uma vez que a ampla variedade de ferramentas que oferecemos pode atender diferentes projetos para qualquer tamanho de empresa”, afirma Claudio Pinto, diretor de vendas da Autodesk Brasil.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.