Fabricantes

Tecnologia Xerox melhora acesso de pacientes do Instituto de Radiologia São Lucas

Com o Xerox Audio Documents App, o Instituto pode fornecer resultados de exames em arquivos de áudio, melhorando o acesso para pacientes com deficiências visuais ou dificuldades de leitura.

Salvador, 12/04/2019 - O Instituto de Radiologia São Lucas, clínica com mais de 50 anos de experiência em diagnósticos e imagens médicas, usará a tecnologia Xerox ConnectKey para criar relatórios e imagens de alta qualidade e precisão para uso em um ambiente de assistência médica.

O Instituto, localizado na cidade de Santa Maria e reconhecido pela precisão em seus exames de imagem, instalou uma Impressora Multifuncional AltaLink C8030, com o suporte da VEX Imagens Medicas, revendedora da Xerox. O AltaLink fornece à equipe médica acesso instantâneo e seguro a documentos e dados, com uma biblioteca crescente de aplicativos para expandir a funcionalidade, permitindo um trabalho mais inteligente e melhor atendimento ao paciente. O Instituto usará o Aplicativo de Documentos de Áudio da Xerox para converter documentos impressos em arquivos de áudio, facilitando a compreensão dos relatórios por pacientes com dificuldades visuais ou de leitura.

"O app Documentos de áudio é um habilitador incrível e oferece oportunidades para que busquemos parcerias na cidade - como na Associação para Cegos -, já que somos a única clínica local que oferece esse serviço hoje", disse Giovani Schmidt, Supervisor de TI do Instituto de Radiologia.

O AltaLink C8030 também ajuda a clínica a digitalizar quaisquer documentos anteriores que os pacientes possam trazer consigo, reduzindo o risco de perda de informações. Além disso, os administradores de TI podem garantir que o dispositivo permaneça dentro das políticas de segurança definidas para proteger as informações do paciente.

"Estamos focados no campo da medicina e vemos um grande valor em apresentar nossos clientes à tecnologia ConnectKey da Xerox", disse Emmanoel Camargo, gerente comercial da VEX Imagens Medicas. “Um cego, deficiente visual ou paciente que não consegue ler tem a opção de receber uma verdadeira versão de áudio do que está escrito no resultado do teste por e-mail. Ou um médico tratando um paciente estrangeiro pode ‘escanear’ o documento e traduzi-lo automaticamente ”.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.