Guia de Produtos

NHS lança nobreak próprio para portões eletrônicos

Digiseno Gate mantém funcionando os portões e cancelas de residências e empresas, mesmo com a falta de energia.

Salvador, 28/06/2017 - Chegar em casa ou no trabalho, e não ter a certeza de que o portão eletrônico estará funcionando por conta da falta de energia pode ser um problema e tanto. Para evitar este tipo de situação, ainda mais no momento em que assuntos ligados à falta de segurança pública vêm se tornando cada vez mais citados, a NHS, empresa fabricante de nobreaks para este setor acaba de lançar o seu primeiro produto desenvolvido integralmente para este segmento: o nobreak Digiseno Gate nas versões 1/2 HP e 3/4 HP da linha senoidal.

De acordo com a especialista em marketing da fabricante, Débora Skrobot, o novo equipamento foi preparado para inúmeras aplicações, que juntas têm o objetivo promover maior segurança, mesmo na falta de energia. “Estes nobreaks foram especialmente desenvolvidos para portões de todos os tipos e cancelas, além de ser possível alimentar um sistema de iluminação de emergência com lâmpadas comuns”, afirma.

A novidade chega ao mercado não só para proporcionar mais segurança, mas para garantir, também, outros benefícios, como assegurar a comodidade dos usuários. Segundo a especialista, a utilização de nobreak em portões e cancelas reforça aspectos como o conforto, ao evitar que eventualmente um usuário tenha que abrir o portão de forma manual, por exemplo.

“A aplicação de nobreaks em portões eletrônicos é para que a pessoa não precise sair do carro e assim, observar a movimentação garantindo que fique aberto o menor tempo possível”, comenta a coordenadora.

Obrigatoriedade

Em alguns estados como Goiás, Paraná, Espírito Santo, São Paulo e Ceará, o corpo de bombeiros tornou obrigatória a instalação de nobreaks em portões de condomínios. A regra é válida para prevenir contra a ausência de energia também em casos de incêndio, a fim de garantir a abertura dos portões e facilitar uma possível evacuação de moradores.

Para Débora, essa é uma alternativa para manter a segurança de pessoas que costumam circular nessas áreas. “A instalação desse equipamento é simples e garante mais conforto e segurança aos usuários, mesmo na falta de energia”.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.