Guia de Produtos

Nova câmera da D-Link oferece gravação de imagens na nuvem

Salvador, 16/10/2018 - Ter controle do que acontece no interior da residência, comércio, escritório ou consultório faz toda diferença quando o assunto é segurança. As câmeras de vídeo permitem monitorar os ambientes e visualizar qualquer ação suspeita que possa causar transtorno.

Diferente das câmeras tradicionais, que necessitam de instalação com cabeamento e da presença de um DVR (gravador digital de vídeo) para armazenar as imagens, a DCS-8000LH lançada pela D-Link apresenta gravação em nuvem e permite que o usuário acesse tudo que foi registrado por intermédio do aplicativo mydlink instalado no smartphone.

Com design moderno e uma resolução HD720p com ângulo de gravação de 120º e visão noturna, a câmera DCS-8000LH facilita o monitoramento, permitindo maior controle na hora de acompanhar qualquer evento que venha acontecer com aqueles que estão presentes no espaço monitorado. É uma boa opção para supervisão de pets, crianças, idosos e também escritórios, restaurantes, bares, consultórios, entre outros. O sensor presente captura qualquer movimentação ou barulho suspeito e envia em tempo real uma notificação no celular do usuário, o que facilita na hora da tomada de decisão para solucionar inconvenientes.

Instale você mesmo

Para realizar a instalação, não é necessária a presença de um técnico, basta ter internet, um roteador Wi-Fi e um smartphone para configurar. Cada câmera vem com um QR Code que deve ser escaneado pelo aplicativo mydlink, o qual instrui e mostra o passo a passo ao usuário para configurar, o que leva menos de 5 minutos. Assim que finalizada, já é possível utilizá-la. As imagens gravadas podem ser visualizadas diretamente no aplicativo em qualquer lugar que o usuário esteja desde que tenha acesso à internet.

O armazenamento dos vídeos é feito de acordo com o pacote escolhido pelo utilizador. Existem quatro opções: o plano free, que realiza a gravação de até três câmeras e registra o conteúdo pelo período de 24h sem nenhum custo (plano válido até o final de 2018); o plano básico, que armazena as imagens de até três câmeras pelo período de sete dias e custa US$2,49 por mês ou US$24,99 anual; o plano premium, capaz de registrar imagens de até cinco câmeras e armazená-las por 14 dias a US$4,99 por mês ou US$49,99 por ano e, por fim, o plano pro, que monitora até 10 câmeras e armazena por 30 dias a US$9,99 ao mês ou US$99,99 anual. Os valores serão automaticamente convertidos para a moeda local no processo de aquisição do produto, e os planos já estão disponíveis para venda no Brasil.

Com a gravação em nuvem também é possível salvar o vídeo desejado diretamente no smartphone caso queira ter acesso àquelas imagens no futuro. Dessa forma, o usuário pode filtrar os registros de maior relevância e guardar os conteúdos que podem ser úteis. A vantagem do armazenamento em nuvem é que, caso haja alguma invasão na residência, comércio ou escritório, não há a possibilidade de destruir os registros das imagens, pois elas não ficam em um aparelho físico dentro da casa, como é o caso do DVR (gravador digital de vídeo) que pode ser destruído pelo invasor, o que causa a perda de qualquer registro feito.

Rodrigo Paiva, gerente de marketing e produtos da D-Link, fala sobre esse diferencial da DCS-8000LH “As câmeras com gravação em nuvem são uma revolução no mercado de segurança doméstica e em PMEs. Elas dão ao usuário a possibilidade de monitorar os ambientes e controlar o funcionamento dos dispositivos usando um simples aplicativo de celular. Isso torna qualquer espaço mais seguro e reforça a ideia da casa conectada.”

A câmera DCS-8000LH pode ser adquirida por R$329,00. É um produto que apresenta alta performance a um preço reduzido, o que torna o monitoramento por câmera mais acessível.

Baixe Aqui o App TI Bahia para Androidhttp://bit.ly/2PIjgBn ou iOShttps://apple.co/2PM44Tt

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.