Guia de Software e Serviços

Fintechs e apps de pagamento são tendência no mercado mobile para 2017

Salvador, 11/01/2017 - Diferente dos anos anteriores, em 2016 a indústria mobile viu o crescimento impressionante do ramo de fintech, fenômeno que só deve aumentar ainda mais em 2017. Segundo levantamento da Mobile2you, mobile house especializada na criação de apps personalizados, a maioria dos aplicativos criados em 2016 tiveram foco em vendas via mobile, tendência que continuará em 2017.

"Em relação aos aplicativos que estão atualmente em alta, a maioria apresenta funcionalidades de wallet integradas com o cartão do usuário, o que mostra que o que o usuário busca hoje é facilidade e praticidade em suas compras e transações", explica o CEO da Mobile2you, Caio Bretones. A situação é verdadeira, sobretudo para os jovens, público que é mais propenso a realizar o maior número de atividades via smartphone. Segundo a 27ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), a expectativa é de que, nos próximos dois anos, o Brasil tenha 236 milhões de celulares, um crescimento de 40% em relação ao número atual.

A questão de fidelidade também é importante. Com tantas opções disponíveis no mercado, aplicativos que fidelizam o cliente com diferenciais se destacam do mar de aplicativos na internet. Por isso, em 2017 crescerá o número de apps que se preocupam com o fato do usuário ter uma interação mais próxima com a loja/serviço utilizado. questão de fidelidade que as empresas oferecem ao usar o app. "As tendências estão cada vez mais voltadas ao consumo via mobile, e a integração disso com os aspectos cotidianos dos usuários", afirma Bretones.

Outro ponto que contribui para este cenário é o fato de que o brasileiro está mais confiante em fazer transações financeiras pela internet. De acordo com pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) no ano passado, quase metade das transações financeiras realizadas no Brasil já são feitas através de canais de mobile banking e internet banking. Com a chegada das fintechs, esse índice deve aumentar ainda mais, visto que a nova tecnologia deixa a área de mobile banking ainda mais atraente.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.