Guia de Software e Serviço

OutSystems lidera novamente inovação em low-code com o primeiro depurador visual para aplicativos móveis

Salvador, 05/12/2017 - A OutSystems, fornecedora da plataforma número um para o desenvolvimento low-code, anuncia o lançamento do primeiro depurador visual totalmente low-code, proporcionando uma experiência perfeita para depuração de código e solução de problemas - seja ele executado no servidor ou diretamente no dispositivo móvel  

As plataformas de desenvolvimento low-code ajudam as organizações a inovar e a impulsionar a transformação digital ao permitir que as equipes entreguem soluções até 10 vezes mais rápidas do que a codificação tradicional. Uma parte crítica do portfólio digital de uma organização é a criação de novas experiências móveis que tirem proveito dos recursos mais recentes dos dispositivos, juntamente com lógicas de negócio complexas e suporte a padrões de sincronização de dados off-line. Entretanto, atualmente, o estado da arte para realizar o debugging destes sofisticados aplicativos móveis pode ser classificado como tudo, menos low-code. 

As melhores práticas atuais para depuração de aplicativos móveis, mesmo aquelas construídas com plataformas low-code, envolvem uma série complicada de instalações de plug-ins, configurações e scripts. Se estes forem executados corretamente, o desenvolvedor deverá então depurar o aplicativo executado no dispositivo a partir do código, com ferramentas de desenvolvimento complexas. Esse processo geralmente exige um bom nível de conhecimento por parte do desenvolvedor. 

“Hoje, estabelecemos um novo patamar para desenvolvedores que estão lutando para depurar low-code, para criar experiências móveis ricas, mas esperamos que eles recorram a ferramentas de desenvolvimento complexas quando é hora de depurá-las, isso derrota completamente a finalidade de uma plataforma low-code”, disse Gonçalo Borrêga, chefe de Produto na OutSystems. “Hoje, vemos desenvolvedores modelando interações complexas e lógica que são executadas no dispositivo, triando proveito das capacidades nativas. Ao prover uma experiência de depuração contínua e visual, independente se o código está sendo executado em um iPhone, Android ou no próprio servidor, garantimos que as equipes obtenham os benefícios do low-code durante todo o ciclo de vida do desenvolvimento”. 

A análise global da Gartner prevê “o crescimento do mercado MADP para aumentar a uma taxa de cerca de 18% em 2017 e mostrar uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) entre 15% e 17% entre 2018 e 2021”, como observado no Quadrante Mágico do Gartner para plataformas de desenvolvimento de aplicativos móveis, em junho de 2017*. 

O Gartner afirma ainda que "cada vez mais, as MADPs estão adicionando suporte para wearables, chatbots, assistentes pessoais virtuais (VPAs) e terminais de conversação de UI através dos mesmos serviços e APIs que eles criam e gerenciam para aplicativos móveis e web". 

Esses recursos enriquecem a experiência para o usuário, mas criam maior complexidade para o desenvolvedor. Ao fornecer uma experiência consistente de low-code, seja você depurando o código no servidor ou em um aplicativo móvel complexo com padrões de sincronização de dados off-line e integração com recursos nativos do dispositivo, a OutSystems resolve dois grandes desafios. Primeiro, o mesmo conjunto de habilidades de low-code pode ser usado para criar e solucionar problemas de qualquer tipo de aplicativo, fornecendo equipes com mais opções de recursos para projetos. Em segundo lugar, com low-code, os tempos de transferência de conhecimento são significativamente diminuídos, reduzindo o risco de iniciativas críticas de dispositivos móveis. 

* Gartner, "Quadrante Mágico para Plataformas de Desenvolvimento de Aplicativos Móveis", Jason Wong, Van L. Baker, Adrian Leow, Marty Resnick, 12 de junho de 2017

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.