Guia de Software e Serviços

Cargo X usa tecnologia para reduzir viagens de caminhão sem carga

Salvador, 07/05/2019 - A CargoX, logtech brasileira fundada em 2013, com o objetivo de gerar eficiências por meio do uso de tecnologia no setor de logística do Brasil, faz uso de tecnologias como Inteligência Artificial e Machine Learning para reduzir as viagens de caminhões feitas sem cargas por todo País, o que acontece em 25% dos casos, de acordo com um levantamento realizado pela CNT - Confederação Nacional do Transporte em 2018.

"Viajar sem carga é extremamente custoso para o caminhoneiro, por isso, ele chega a passar vários dias na região em que descarregou para achar um frete e retornar ao ponto de origem. Com o aplicativo Cargo X, já conseguimos otimizar 20% das viagens, que permitem ao caminhoneiro ir e voltar carregado sem problemas ou atrasos", afirma Daniel Carvalho, vice presidente comercial da Cargo X.

Ainda de acordo com a mesma pesquisa, 25% do tempo viajando chega a ultrapassar dois mil quilômetros ao mês, com desgaste no veículo, custo de manutenção e o combustível necessário para percorrer a distância.

Além da desvantagem para o caminhoneiro, os veículos rodando vazios aumentam o valor dos fretes e, consequentemente, deixam os produtos mais caros nas prateleiras dos mercados, além de representar um desgaste maior nas estradas do País sem necessidade mercadológica.

"Para um futuro próximo, nossa meta é aumentar em xx% a quantidade de fretes de retorno e garantir que xx caminhoneiros da nossa base já consigam sair do local de origem sabendo que estarão carregados ao retornar," continua Carvalho.

O processo de cruzamento de dados feito pela Cargo X funciona pelo aplicativo, capaz de identificar para o onde os caminhoneiros estão se deslocando e quais são as opções de fretes disponíveis na região. Ao realizar um 'match' entre a o caminhoneiro e a carga, o profissional é então notificado e pode aceitar ou recusar a oferta.

Atualmente, a Cargo X tem abrangência nacional e tem capacidade para oferecer frete de retorno para os 250 mil caminhoneiros cadastrados na sua base.

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.