Guia de Serviços

Rede acadêmica RedCLARA escolhe os serviços de conectividade da Global Crossing

Com os serviços da Global Crossing, RedCLARA conecta mais de 700 universidades da América Latina com instituições na Europa e outras partes do mundo

 

Santiago, Chile I 13 de dezembro de 2010 - A Global Crossing (NASDAQ: GLBC), empresa líder no fornecimento de soluções globais em IP, anunciou hoje que RedCLARA, um consórcio acadêmico dedicado à pesquisa e à educação na América Latina, assinou um contrato de três anos para a implementação de serviços de conectividade entre São Paulo e Madri, na Espanha.

 

A solução amplia o relacionamento atual entre as duas empresas, que inclui serviços de colocation na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Panamá, Peru e Venezuela, e permite à RedCLARA conectar sua rede de mais de 700 universidades e centros de pesquisa na América Latina a mais de 3.500 instituições acadêmicas por toda a Europa e pelo resto do mundo.

 

RedCLARA (Cooperação Latino-americana de Redes Avançadas) é uma organização não-governamental internacional que conecta redes acadêmicas latino-americanas. Além dos links internacionais e dos serviços de colocation, a Global Crossing passará a fornecer um serviço Private Line Clear Channel internacional de alta capacidade e totalmente redundante entre São Paulo e Madri, dando suporte a usuários acadêmicos em universidades, observatórios e centros de pesquisa na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, México, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela.

 

“Com o serviço de transporte transatlântico de alta velocidade da Global Crossing, a RedCLARA adquire uma solução de rede de alta capacidade, confiabilidade e segurança, para oferecer aos nossos usuários maior eficiência e performance de rede otimizada”, disse Florencio Utreras, diretor executivo da CLARA.
 

“A proposta da Global Crossing destacou os nossos diferenciais em conectividade global e foco no cliente, durante um processo seletivo desafiador e competitivo”, observou Gabriel Holgado, vice-presidente sênior de Carrier Services da Global Crossing para América Latina e Caribe.

 

“Nossa pesquisa aprofundada e o nosso entendimento sobre os requerimentos de uso da RedCLARA foram muito importantes para que pudéssemos desenvolver uma oferta competitiva”, acrescentou Holgado.

 

SOBRE A RedCLARA

 

A RedCLARA, sigla de Cooperação Latino-americana de Redes Avançadas, é uma organização não-governamental internacional fundada legalmente a 23 de dezembro de 2004, quando foi reconhecida como tal pela legislação da República Oriental do Uruguai.

 

A visão da RedCLARA é ser um sistema latino-americano de colaboração por meio de redes de telecomunicações avançadas para pesquisa, inovação e educação.

 

A RedCLARA desenvolve e opera uma rede de Internet avançada estabelecida na América Latina para a interconexão regional no ano de 2004, e conectada à GÉANT2 (rede avançada pan-Européia), primeiramente por meio dos projetos ALICE (2003-2008) e ALICE2 (2008-2012), cofinanciados pela Comissão Europeia por meio da EuropeAid, através dos seus programas @LIS e @LISII.

 

A RedCLARA é composta de 17 países latino-americanos, 13 dos quais estão atualmente conectados à sua rede de Internet avançada, e os outros quatro serão conectados ao longo de 2011.

 

SOBRE A GLOBAL CROSSING

 

A Global Crossing (NASDAQ: GLBC) é um provedor líder global de soluções IP e Ethernet que fornece soluções de telecomunicações através da primeira rede global integrada baseada em IP do mundo.

 

A empresa oferece uma ampla gama de serviços gerenciados de dados, voz e de colaboração para aproximadamente 40% das empresas listadas no ranking da Fortune 500, bem como para 700 operadoras, operadoras móveis e ISPs. Fornece serviços para mais de 700 cidades, em mais de 70 países.

 

Os negócios da Global Crossing na América Latina contam com operações na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Peru, México, Venezuela, nos Estados Unidos (Flórida) e na região do Caribe.

 

Além de sua rede de fibra ótica baseada em IP, a infraestrutura regional da Global Crossing inclui 15 redes metropolitanas e 15 data centers avançados, localizados nos principais centros de negócios da América Latina. Para mais informações sobre a Global Crossing, acesse www.globalcrossing.com.

 

mais recentes · mais antigos

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.