Seguranša

e-Safer alerta para aumento de ameašas online

Foco das atenções globais no Brasil podem atrair a ação de hackers e outros cibercriminosos. Especialistas recomendam cuidado com e-mails e sites falsos

Salvador, 03/08/2016 - A e-Safer, integradora da área de segurança e certificação digital, alerta para a possibilidade de crescimento de ameaças online aos internautas brasileiros nos próximos meses. Com a realização de eventos de alcance global, o país entra no raio de ação de hackers e outros cibercriminosos que tentarão tirar proveito do contexto.

De acordo com Luiz Augusto da Silva, Consultor Comercial da e-Safer, o alto grau de dependência da internet favorece o crescimento das ameaças. “No momento em que a grande maioria dos ingressos são comprados via internet, cresce o apetite dos criminosos sobre os dados que estarão circulando”, afirma.

Por conta disso, o especialista lembra que é preciso estar muito atento aos sites onde estes dados são lançados. Se forem falsos, eles podem cair nas mãos de criminosos e ser utilizados para compras. “Geralmente, o dono do cartão não sabe como seus dados foram roubados”, diz.

Via de regra, isso ocorre por meio dos sites falsos. Como a maioria dos portais hoje pede que o cliente se cadastre, bem como os dados de seu cartão, em algumas vezes ele pode estar sendo redirecionado para uma página falsa. “Aqui é importante verificar se o site é certificado, se tem o cadeado SSL”, explica.

Silva lembra que a e-Safer oferece o cadeado SSL para diversas empresas, o que garante que seus sites são confiáveis e íntegros. “Quando vê o cadeado verde no canto superior esquerdo da tela, o consumidor sabe que aquele endereço foi validado por um órgão e devidamente registrado”, explica. Isso garante que os dados colocados ali serão criptografados e muito dificilmente serão vazados.

Além dos sites, as ameaças podem vir também por e-mail. Depois de comprar ingressos para um jogo, por exemplo, não é raro que o consumidor comece a receber vários e-mails sobre o assunto. “Se ele fez a compra e já recebeu os ingressos, não há porque abrir estes e-mails, basta apaga-los. Se quiser abri-los, verifique se os endereços são certificados”, ressalta Silva, lembrando que qualquer guia aberta pode abrir um computador ou celular para vírus e roubo de dados.

® 2007-2011 TIBAHIA.COM - O portal de tecnologia da Bahia. Todos os Direitos Reservados.